Cliente: CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos)

Estados norte-americanos adotam autodireção para cuidar de idosos

O avanço do coronavírus sobre os lares de idosos nos Estados Unidos tem reforçado os argumentos dos que defendem que é mais seguro manter velhos em suas casas–mesmo os que possuem alguma deficiência–e provê-los com assistência de parentes ou enfermeiros, do que colocá-los no que o Brasil denomina de instituições de longa permanência.

Para que isso aconteça, é preciso que o Estado financie os chamados programas de autodireção, em que os clientes podem recrutar e supervisionar cuidadores de sua própria escolha, para ajuda-los nas atividades diárias, como vestir-se, tomar banho, fazer compras, preparar refeições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *