Cliente: Minds English School

Após aluno apoiar, professora passa a se identificar como trans na escola

A mãe da professora de inglês Yanna Rhaniffi, 32, ainda a chama de Paulo. Para Yanna, isso não chega a ser um problema, porque as duas só têm uma a outra, se amam e se apoiam mutuamente. Já os alunos a chamam de Yanna e nem lembram mais que um dia ela já foi Paulo. A professora nasceu e vive em São Luís, no Maranhão, e conta que ter uma orientação sexual ou identidade de gênero dentro de qualquer letra da sigla LGBT ainda é um tabu na região. Ela sentiu isso na pele duas vezes, pois já foi identificada como homem gay e hoje é uma mulher trans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *